'O Que Terá Acontecido a Baby Jane?', com direção de Charles Möeller & Claudio Botelho, reestreia no Teatro Porto Seguro em 15 de fevereiro de 2017

Espetáculo estrelado por Eva Wilma e Nicette Bruno foi um dos grandes sucessos da temporada teatral paulistana em 2016

Um dos grandes sucessos da temporada teatral 2016 em São Paulo, 'O Que Terá Acontecido a Baby Jane?', com direção de Charles Möeller & Claudio Botelho, reestreia no Teatro Porto Seguro em 15 de fevereiro de 2017.

No espetáculo, Eva Wilma e Nicette Bruno interpretam as irmãs Jane e Blanche Hudson, lendárias personagens vividas por Bette Davis e Joan Crawford no cinema. Após ser uma estrela mirim do teatro de vaudeville, Jane Hudson (Eva Wilma) precisou lidar com a decadência de seu prestígio e o posterior sucesso de sua irmã, Blanche (Nicette Bruno), que se transformou em uma famosa estrela do cinema hollywoodiano. Após um trágico e misterioso acidente que encerrou definitivamente a carreira de ambas, elas se encontram confinadas – e abandonadas – em uma mansão, onde dividem um cotidiano recheado de mágoas e ressentimentos.

É o cenário perfeito para o embate entre as irmãs e para uma vingança perversa de Jane, que passou boa parte da vida renegada ao papel de coadjuvante nos filmes da irmã. Disposta a voltar aos palcos, Jane tenta retomar o personagem da infância, passando por cima de tudo para atingir o seu objetivo.

A adaptação teatral embaralha os acontecimentos da vida das irmãs e mistura passado, presente e fantasia em cena. Jane e Blanche são vividas pelas crianças Sophia Valverde e Duda Matte e também por Rachel Rennhack e Juliana Rolim, na juventude. Paulo Goulart Filho, Nedira Campos e Teca Pereira completam o elenco.

Ficha técnica:

EVA WILMA e NICETTE BRUNO em O QUE TERÁ ACONTECIDO A BABY JANE?. Um espetáculo de Charles Möeller & Claudio Botelho. Com Paulo Goulart Filho, Teca Pereira, Nedira Campos, Juliana Rolim, Rachel Rennhack e as crianças Sophia Valverde e Duda Matte. Autor: Henry Farrell. Adaptação: Charles Möeller. Tradução: Claudio Botelho. Direção: Charles Möeller. Cenografia: Rogério Falcão. Figurinos: Carol Lobato. Iluminação: Paulo Cesar Medeiros. Visagismo: Beto Carramanhos. Design de som: Ademir Moraes Jr. Coordenação Artística: Tina Salles. Direção de Produção: Beatriz Braga. Produção Executiva: Edson Lopes. Realização: Möeller & Botelho.

Serviço: De 15 de fevereiro a 30 de março - quartas e quintas, às 21h. Ingressos: R$ 60,00 plateia / R$40 balcão e frisas. Classificação: 14 anos. Duração: 80 minutos. Gênero: drama.


Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Buscar