Gypsy

Em 23 de abril de 2010, estreou, no Teatro Villa-Lobos (RJ), o musical 'Gypsy', com direção de Charles Möeller & Claudio Botelho.

'Gypsy' faz sucesso na Broadway há mais de 50 anos e é considerado o maior dos musicais, com uma perfeita integração de drama (texto de Arthur Laurents), canto (música de Jule Styne e letras de Stephen Sondheim) e dança (coreografia de Jerome Robbins).

Ao longo desses anos, o musical tem sido chamado de 'clássico dos clássicos', o 'mais temido dos musicais', o 'Hamlet' dos musicais, o book perfeito, o score perfeito, a coreografia perfeita, os melhores papeis femininos da historia.

A versão de Möeller & Botelho teve produção da Aventura Entretenimento e foi estrelada por Totia Meireles, Adriana Garambone e Eduardo Galvão.

A montagem contou com 43 atores em cena, 140 figurinos, 17 cenários e 21 mudanças, tudo ao som de uma orquestra de 17 músicos.

Claudio e Charles encaram 'Gypsy' como uma grande homenagem ao teatro musical. Ainda que a base para o texto de Laurents tenha sido o livro de memórias da personagem-título, o motor da história é a controversa figura de Mama Rose, cuja existência girava em torno de fazer das filhas, June (Renata Ricci) e Louise (Adriana Garambone), posteriormente chamada de Gypsy Rose Lee, estrelas do teatro norte-americano do início do século passado.

"Mama Rose é considerada até hoje como um dos personagens mais complexos da história dos musicais. O que impulsiona tudo é a obsessão dela pelo sucesso no teatro e a fascinação pelo mundo do entretenimento. 'Gypsy' é um hino, um libelo ao teatro musical", analisou Claudio Botelho.

"Tudo em 'Gypsy' fluiu de uma maneira incrível, talvez porque já tivesse trabalhado com a grande maioria e minhas protagonistas Totia e Adriana Garambone, que me conhecem desde a inauguração das pirâmides, são dois relógios suíços de precisão, rigor, disciplina, comportamento e concentração. Quase todas as participações eu herdei de antigas produções e a intimidade quando ela é canalizada pro respeito e pelo profissionalismo dá conforto à alma. Por isso digo e repito: 'Gypsy' foi o Elenco dos sonhos! Nenhum problema, nunca! Fizemos um 'Gypsy' que vai ecoar muito tempo pelo impecável trabalho de Adriana, pelo lançamento de um genial André Torquato, por uma encantadora Renata Ricci, pelo charme do impagável Eduardo Galvão e pelas participações especialíssimas de todos com todas as idades. Só feras! E a coroação de Totia Meireles, que amo, como uma das melhores atrizes de musicais no país e do mundo", ressaltou o diretor Charles Möeller.

'Gypsy' cumpriu temporada até 27 de junho de 2010, com sucesso de público (casa lotada do primeiro ao último dia) e de crítica.

Em julho, no dia 22, 'Gypsy' estreou em São Paulo, no Teatro Alfa, com elenco infantil inteiramente renovado e algumas modificações no elenco adulto.

O musical ganhou três Prêmios Qualidade Brasil: Melhor Diretor Teatral Musical para Charles Möeller e Claudio Botelho; Melhor Atriz Teatral Musical para Totia Meireles; e Melhor Espetáculo Teatral Musical.

'Gypsy' também ganhou o Prêmio Contigo de Teatro, como melhor Musical em versão brasileira.


Ficha técnica

Texto:
Arthur Laurents

Música:
Jule Styne

Letras:
Stephen Sondheim

Direção:
Charles Möeller

Versão Brasileira / Supervisão Musical:
Claudio Botelho

Direção Musical / Regência:
Marcelo Castro

Coreografia Original:
Jerome Robbins

Remontagem Coreográfica e Coreografias Adicionais:
Flavio Salles
Janice Botelho

Supervisão Coreográfica:
Dalal Achcar

Cenografia:
Rogério Falcão

Figurinos:
Marcelo Pies

Design de Luz:
Paulo César Medeiros

Design de Som:
Marcelo Claret

Visagismo:
Beto Carramanhos

Coordenação Artística:
Tina Salles

Produção Executiva:
Aventura Entretenimento

Elenco Temporada Rio de Janeiro:
Totia Meireles (Rose)
Adriana Garambone (Louise)
Eduardo Galvão (Herbie)
Renata Ricci (June)
Patrícia Bueno (Sra. Cratchitt)
Liane Maya (Tessie Tura)
Sheila Mattos (Mazeppa)
Ada Chaseliov (Electra)

Papeis Masculinos:
Dudu Sandroni (Tio Joca, Mr.Goldstone)
Jitman Vibranovski (Pai de Mama Rose e Pastey)
Léo Wainer (Sr. Weber e Phil, o Assessor de Imprensa)
Otávio Zobaran (Georgie e Bougeron Cochon)

Os Fazendeirinhos:
André Torquato (Tulsa)
Elton Towersey
Igor Pontes
Lucas Drummond
Tomas Quaresma
Kaio Borges

As Louras de Hollywood:
Giselle Lima (Agnes)
Carol Costa
Carolina Ebecken
Giulia Nadruz
Joane Mota
Viviane Rojas

Baby June:
Hannah Zeitoune
Joana Bas
Thayani Campos

Baby Louise:
Giovanna Rangel
Julya Dalavia
Raquel Bonfante

Menina:
Beatriz Tachlitsky

Meninos:
Leonardo Valor
Matheus Costa
Matheus Felipe
Yago Machado
Iago Rangel
Pedro Aguiar
Jorge Amorim

Elenco Temporada São Paulo
Pai de Rose, Pastey - Luiz Carlos de Moraes
L.A. - Rodrigo Negrini

As Meninas:
Baby June - Izabely Tomazi, Larissa Manoela, Thaynara Bergamim
Baby Louise - Isabella Moreira, Juliane Oliveira, Marcella Calixto
Ensemble - Isabela do Amaral

Os Meninos:
Bryan Goto
Daniel Paulin
Felipe Severo
Gabriel Côrtes
Gabriel Santos
Rafael Hercowitz
Vinicius de Morais

Músicos:
Regência – Marcelo Castro
Trompete – João Carlos Santos e Matheus Moraes
Trombone – Fabiano Segalote
Trompa – Priscila Viana
Violinos – Anderson Pequeno e Kelly Davis
Viola – Stoyan Gomide
Cello – Saulo Vignoli
Baixo – Omar Cavalheiro
Percussão – Márcio Romano e Gabriel Guenther
Teclados – Zaida Valentim, Marcelo Eduardo Farias e Heberth Souza
Sax e Clarineta – Whatson Cardozo
Flauta – Wladislaw Kreinski

Buscar