Como Vencer na Vida sem Fazer Força

 
Em oito de março de 2013 estreia, no Teatro Oi Casagrande (RJ), a comédia musical “Como Vencer na Vida Sem Fazer Força” (How to Succeed in Business Without Really Trying), segunda parceria de Möeller & Botelho e da GEO Eventos.
 
Estrelado por Luiz Fernando Guimarães e Gregorio Duvivier, o musical faz uma sátira ao mundo corporativo, representado aqui pela World Rebimboca Company, empresa cujo ramo de atuação nunca é revelado e nem os próprios funcionários parecem saber o que a firma realmente produz.
 
No elenco de 23 atores, sobressaem-se Letícia Colin, como Rosemary, a mocinha romântica apaixonada por Finch (Duvivier); Gottsha, como Smitty, a melhor amiga de Rosemary; André Loddi como Bud, o inescrupuloso sobrinho do chefe; e Adriana Garambone, na pele de Hedy LaRue, a secretária carreirista e vulgar que é amante do chefão, Biggley (Guimarães).
 
A crítica de teatro do jornal O Globo Barbara Heliodora afirmou que, em Como Vencer na Vida sem Fazer Força, “a dupla Charles Möeller & Claudio Botelho imprime sua assinatura a um espetáculo divertido, visualmente lindo e com atuações primorosas do elenco”. (leia aqui a crítica na íntegra).

 

Cronologia

Lançado em 1952, o livro "How to Succeed in Business Without Really Trying", de Shepherd Mead, se tornou um best-seller instantâneo e logo rendeu uma adaptação teatral, de Jack Weinstock e Willie Gilbert, que acabou engavetada por quase uma década. Somente em 1960, houve o interesse em transformar o material em um musical para estrear na Broadway. Abe Burrows adaptou e dirigiu o espetáculo. A estreia foi em outubro de 1961 no 46th Street Theatre, onde permaneceu em cartaz até 1965 com incríveis 1417 apresentações.

Ainda na década de 60, a produção ganhou uma versão em Londres (1963, dirigida por Burrows e Bob Fosse) e no Brasil (1964, com Procópio Ferreira, Moacir Franco e Marília Pêra, produzida por Victor Berbara). Em 1967, a United Artists lançou um filme adaptado e dirigido por David Swift, com atores vindos da versão teatral e alguns números musicais cortados.

Em 1995, a Broadway promoveu sua primeira remontagem e rendeu ao protagonista Matthew Broderick o Tony de Melhor Ator. Sarah Jéssica Parker chegou a participar do elenco, substituindo Megan Mullally como Rosemary. Em 2011, um novo e bem-sucedido revival tomou os palcos de Nova York, com Daniel Radcliffe (Finch), posteriormente sucedido por Nick Jonas. O espetáculo venceu dois prêmios Tony e ainda foi indicado ao Grammy pelo álbum musical.



Ficha Técnica:
 
MÚSICA E LETRAS
Frank Loesser

TEXTO
Abe Burrows, Jack Weinstock e Willie Gilbert

ORQUESTRAÇÃO ORIGINAL
Robert Ginzler

BASEADO NO LIVRO DE
Shepherd Mead

VERSÃO BRASILEIRA / SUPERVISÃO MUSICAL
Claudio Botelho
 
DIREÇÃO
Charles Möeller


 
ELENCO

Luiz Fernando Guimaraes  
J.B. Biggley

Gregorio Duvivier
Pierrepont Finch

Leticia Colin  
Rosemary Pilkington

Adriana Garambone   
Hedy La Rue

Andre Loddi  
Bud Frump

Fernando Patau  
Twimble/Wally Womper

Gottsha  
Smitty

Ada Chaseliov  
Srta. Jones

Léo  Wainer  
Bert Bratt

Cassio Pandolfi  
Gatch / Toynbee

Luiz Nicolau  
Executivo / Ovington / Apresentador de TV

Executivos:

Fabio Porto                                             
Peterson

Guilherme Logullo                                  
Tackaberry

Helcio Mattos                                          
Wilson

Leandro Luna                                         
Jenkins

Leonardo Wagner                                     
Foster

Patrick Amstalden                                  
Johnson

Secretárias:          
                                                      
Carol Ebecken                                          
Srta. Clark

Cristiana Pompeo                                    
Miss Williams

Joane Mota                                              
Srta. Sommers

Kotoe Karasawa                                      
Srta. Frazier

Nadia Nardini                                           
Miss Krumholtz

Renata Ricci                                             
Srta. Sullivan


 
DIREÇÃO MUSICAL / ARRANJOS ADICIONAIS
Paulo Nogueira

CENÁRIO
Rogério Falcão

FIGURINOS
Marcelo Pies

ILUMINAÇÃO
Paulo Cesar Medeiros

DESIGN DE SOM
Marcelo Claret

VISAGISMO
Beto Carramanhos

REGÊNCIA
Zaida Valentim

CASTING
Marcela Altberg 

DIRETORA ASSISTENTE
Gláucia da Fonseca

ASSISTENTE DE DIREÇÃO
Bárbara Duvivier

DIREÇÃO DE PRODUÇÃO
Beatriz Braga

PRODUÇÃO EXECUTIVA
Edson Mendonça

COORDENAÇÃO ARTÍSTICA
Tina Salles

ORQUESTRA:

Zaida Valentim
(Regência / Teclado)

Alex Freitas
(Piccolo / Flauta / Clarinete / Sax Alto)

Whatson Cardozo
(Clarinete, Sax Tenor)

Raphael Nocchi
(Clarinete / Sax Alto)

Daniel Kaeser 
(Clarinete / Clarone / Sax Barítono)

Maico Lopes
(Trompete)

Everson Moraes
(Trombone)

Pedro Aune
(Contrabaixo acústico)

Marcio Romano
(Bateria / Percussão)


DIRETORA RESIDENTE
Barbara Duvivier

COREÓGRAFO ASSISTENTE / DANCE CAPTAIN
Alan Rezende

ASSISTENTE DE COORDENAÇÃO ARTÍSTICA
Flávia Pereira

ASSISTENTE LUIZ FERNANDO GUIMARÃES
Julio Miranda

PIANISTAS ENSAIADORAS
Zaida Valentim
Késia Decoté

PREPARAÇÃO VOCAL / AULA DE CANTO LUIZ FERNANDO GUIMARÃES / GREGÓRIO DUVIVIER
Paulo Nogueira

CENÓGRAFA ASSISTENTE
Eliane Koseki

FIGURINISTA ASSISTENTE
Carol Lobato

ASSISTENTE DE PRODUÇÃO E ADMINISTRAÇÃO TEATRAL
Laura Storino

ADMINISTRADOR DE ENSAIOS
Carlito Ferreyra

COORDENADOR DE PALCO
Rodrigo Grisalho Ramos

ASSISTENTE DE COORDENADOR DE PALCO
Gleison Brito

ASSISTENTE DE PERUCARIA
Italo Marco 

MICROFONISTA
Gabriel Murray

OPERADOR MESA DE SOM
André Garrido

CAMAREIRAS
Alyzandra Pequena
Arminda Farley
Eliane Peixoto

TRADUTOR ASSOCIADO
Ronaldo Fucs

UMA PRODUÇÃO
GEO EVENTOS
MÖELLER & BOTELHO


Estreia: 08 de março de 2013 - Teatro Oi Casagrande (RJ)



Veja abaixo mais fotos de COMO VENCER NA VIDA SEM FAZER FORÇA:
















 



Fotos: 
Robert Schwenck
Marcos Mesquita
Leo Ladeira


Buscar