A Noviça Rebelde

Há quase meio século, o musical “A Noviça Rebelde” (The Sound of Music) foi montado pela primeira vez na Broadway. O sucesso estrondoso da produção vencedora de oito prêmios Tony marcou o início de uma trajetória sem precedentes para a história de amor entre a jovem noviça e o capitão viúvo e pai de sete filhos: além da célebre versão cinematográfica de 1965, premiada com cinco Oscars, foi realizada mais de uma centena de montagens nos cinco continentes.

Em maio de 2008, Charles Möeller & Claudio Botelho estrearam sua versão para o clássico “A Noviça Rebelde”, de Rodgers e Hammerstein. O musical reinaugurou o Teatro Casa Grande, no Rio, e em pouco tempo se tornou fenômeno de bilheteria.

O texto da montagem original da Broadway de 1959 foi encenado praticamente na íntegra, assim como todos os números musicais foram incluídos, mesmo aqueles que não entraram no filme de 1965.

“A Noviça Rebelde” recebeu quatro indicações para o Prêmio Shell de Teatro do Rio de Janeiro: melhor Ator (Fernando Eiras), cenário (Rogério Falcão), figurino (Rita Murtinho) e categoria especial, pela produção de Aniela Jordan, Beatriz Secchin Braga e Monica Athayde Lopes.

A superprodução estreou com Kiara Sasso (Maria Rainer) e Herson Capri (depois substituído por Saulo Vasconcelos no papel do Capitão Georg von Trapp) à frente de um elenco de 44 atores/cantores, que se revezaram entre 31 personagens.

Em março de 2009, após imenso sucesso em sua temporada no Rio de Janeiro, “A Noviça Rebelde” estreou em São Paulo, com algumas substituições no elenco.

“Era hora de galgar um outro patamar em termos de produção, depois de tantos anos de experiência. Os direitos da peça não estavam liberados, alguém tinha comprado para o Brasil, mas falei que estava interessado e eles me pediram três meses até decidir. Foram feitas várias exigências, mas tínhamos uma boa carta de recomendação, éramos relativamente conhecidos pelo pessoal da Rodgers & Hammerstein que detém os direitos do musical. Não sei quem ia fazer aqui, mas seja lá quem for, desistiu e nós éramos os primeiros da fila. E conseguimos os direitos para montar A Noviça Rebelde”, explicou Claudio Botelho.

“Tivemos várias mudanças quantitativas ou qualitativas ao longo da nossa carreira. Decididamente A Noviça Rebelde foi uma mudança qualitativa equantitativa”, resumiu Charles Möeller.

Ficha Técnica

Música de:
Richard Rodgers

Letra de:
Oscar Hammerstein II

Libreto de:
Howard Lindsay e Russel Crouse

Orquestração original:
Robert Russel Bennet

Versão brasileira:
Claudio Botelho

Direção:
Charles Möeller

Direção musical:
Marcelo Castro e Claudio Botelho

Regência:
Marcelo Castro

Preparação musical das crianças:
Laura Visconti

Coreografia:
Dalal Achcar

Cenários:
Rogério Falcão

Figurinos:
Rita Murtinho

Iluminação:
Paulo César Medeiros

Design de som:
Marcelo Claret

Visagismo:
Beto Carramanhos

Coordenação artística:
Tina Salles

Direção de produção:
Aniela Jordan, Beatriz Secchin Braga e Monica Athayde Lopes

Temporada 2008 – Teatro Oi Casa Grande – RJ:

Elenco:
Maria – Kiara Sasso
Capitão Von Trapp – Herson Capri / Saulo Vasconcelos
Madre Superiora – Mirna Rubim / Vera do Canto e Mello (alternantes)
Max Detweiler  – Fernando Eiras
Baronesa Elsa Schraeder – Solange Badim
Liesl – Carol Puntel / Maria Netto (alternantes)
Rolf Gruber – Bruno Miguel
Irmã Berthe – Claudia Costa
Irmã Sophia – Letícia Medella
Irmã Margaretta – Ana Zinger
Frau Schmidt – Ada Chaseliov
Franz – Dudu Sandroni
Herr Zeller – Cássio Pandolfi
Alte von Schreiber  – Ricca Barros

Freiras:
Ester Elias
Letícia Medella
Maria Netto / Carol Puntel
Julia Porto
Maíra Lautert
Marcela Mangabeira
Germana Guilhermme
Paola Soneghetti
Guilherme Héus

Crianças:
Friedrich – Elton Towersey / Davi Guilhermme / Cristian Coelho
Louisa – Julia Bernat / Malu Rodrigues / Estrela Blanco
Kurt – Gabriel Lara / Hugo Carvalho / Daniel Rocha
Brigitta – Angela Chaves / Nathália Breschnik / Catarina Viamonte
Marta – Antonia Murad / Manoela Guimarães / Ana Beatriz Caruncho
Gretl - Thayani Campos / Karin Medeiros / Sofia Viamonte

Músicos:
Teclado: Wendel, Marcelo Farias, Zaida Valentim
Violino: Tomás Soares, Pedro Mibielli
Viola: Stoyan
Cello: Saulo
Contra-Baixo: Omar Cavalheiro
Violão: Thiago Trajano
Flauta/Picollo: Alex
Clarinete/Requinta: Levi Chaves
Trompete: Nailson Simões
Trombone: Fabiano Segalote
Trompa: Waleska
Percursão: Marcio Romano

Temporada 2009 – Teatro Alfa (SP):

Maria Rainer – Kiara Sasso
Capitão Georg von Trapp – Saulo Vasconcelos
Max Detweiler – Francarlos Reis / Sandro Christopher
Baronesa Elsa Schraeder – Estela Ribeiro
Madre Superiora – Mirna Rubim / Vera do Canto e Mello (alternantes)
Irmã Berthe – Claudia Costa
Irmã Margaretta – Ana Zinger
Irmã Sofia – Letícia Medella
Frau Schmidt – Ada Chaseliov
Franz – Dudu Sandroni
Rolf Gruber – Felipe Tavolaro
Herr Zeller – Cássio Pandolfi
Alte von Schreiber – Ricca Barros
Barão Elberfeld – Leo Wainer

Freiras:
Alessandra Linhares
Anna Toledo
Cidalia Castro
Cristine Bello
Ester Elias
Germana Guilhermme
Paula Capovilla
Vanessa Scorsoni
Julia Porto

Padre:
Leonardo Wagner

Crianças:
Liesl – Carol Puntel / Maria Netto (alternantes)
Friedrich – André Torquato / Renan Ribeiro / Guilherme Lobo
Louisa – Clara Verdier / Karina Mathias
Kurt –  Daniel Loube / Igor Rudolph / Renan Cuisse
Brigitta – Isabel Alves de Lima / Thais Blandy / Maryana Minoboli
Marta – Juliane Oliveira / Isabelle Gallani / Isabela Moreira
Gretel – Julia Gomes / Rafaela Zavanila / Larissa Manoela.

Buscar